22/10/2019 - 11h28

Ricardo Coutinho na Universidade de Salamanca

Por Flávio Lúcio

Essa é para deixar os detratores de Ricardo Coutinho na imprensa e na política se roendo de inveja. E, a julgar como tratam o ex-governador, à beira de um ataque de nervos.

Ricardo inicia seu périplo pela Europa participando de um debate promovido por uma das mais antigas e tradicionais universidades do Velho Continente, a Universidade de Salamanca, na Espanha.

Nesta quarta (23), o Doutorado em Estado de Direito e Governança Global promove um debate cujo tema não poderia ser mais adequando para a especialidade do curso (Estado de Direito) e, ao mesmo tempo, interessar aos europeus: O Brasil atual depois de um ano de governo Bolsonaro.  E Ricardo Coutinho é o único palestrante.

Como nenhuma universidade europeia convida para uma palestra ninguém que não tenha nada a dizer, trata-se sem dúvida de uma grande honraria e sinal de prestígio o convite que recebeu o ex-governador Ricardo Coutinho.

Ricardo se converteu, nos últimos anos, numa das maiores lideranças do campo progressista brasileiro, sobretudo por sua corajosa atuação durante e depois do golpe que depôs a ex-presidente Dilma Rousseff.

Os europeus convidaram alguém que conhece como poucos os ataques desferidos contra o Estado de Direito no Brasil ao longo dos últimos anos, e que tiveram como consequência a vitória de Jair Bolsonaro em 2018.

Comentários