27/11/2019 - 11h05

João Azevedo nomeou aliado de Manoel Jr. para a PBPrev

Por Flávio Lúcio

Ao ler no Diário Oficial do Governo da Paraíba o nome de José Antonio Coelho Cavalcanti, nomeado hoje pelo governador João Azevedo para o cargo de Presidente da PBPREV, um graduado dirigente petista me ligou para manifestar estranhamento e preocupação. Cavalcanti vai assumir o posto no lugar de Yuri Simpson, ligado ao ex-governador Ricardo Coutinho.

José Antonio Coelho Cavalcanti, que é professor universitário, foi Gerente Executivo do INSS em João Pessoa durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. O dirigente petista lembrou muito bem de um detalhe bastante significativo: a indicação partiu do então deputado federal pelo PMDB e atual vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior. 

Foi na gestão de José Antonio Coelho Cavalcanti, por exemplo, que se desenrolou a Operação Falso Chico, em setembro de 2013, uma investigação da Polícia Federal sobre o recebimento de benefícios do INSS por uma quadrilha, chefiada por um advogado pessoense, que usava documentos falsificados para tal.

Em matéria do G1 PB sobre o caso, José Antônio disse que não caberia “ao INSS ficar desconfiando de todo mundo”

Pressão do G11 funcionou

Como não é possível fazer a omelete sem quebrar os ovos, João Azevedo começa a explicitar qual caminho ele deve seguir daqui para frente.

Sob pressão do G11 e da imprensa bolsonarista paraibana, Azevedo assumiu de vez que o campo conservador e oligárquico, que, como era previsto, foi o único que lhe restou depois que rompeu com o ex-governador Ricardo Coutinho, será o suporte social e parlamentar do seu governo e refúgio político pessoal.

Comentários